4 de maio de 2010

um sonho

Estavamos sozinhos, numa noite quente que apela ao amor.
Foi a melhor noite que alguma vez tivera e que poderia vir a ter. Foi a melhor noite da minha vida. Entreguei-me a ti como se não houvesse amanhã. Entreguei-me e não posso estar arrependida.
A entrega vale a pena quando amamos e somos amados. Eu sinto-me amada e não tenho a menor dúvida em relação ao que sinto.
Lembro-me da tua expressão, ao perceberes que, a partir daquele momento, eu era tua, apenas tua. Fizeste questão de sorrir.
Foi a nossa noite.




Esta noite tive um sonho.
Sonhei contigo.

2 de maio de 2010

Coisas que ficam para sempre

Hoje tive a prova de que há coisas que ficam para sempre connosco. Foi bom, sabes ? Foi bom perceber que não tinha sido assim tão insignificante. Foi bom perceber que não tinha passado ao lado como que qualquer coisa. Foi bom relembrar o momento, que há uns anos, me deixou apaixonada. Foi bom o abraço de cumplicidade e amizade, que afinal existia. Foi bom relembrar. Foi bom pensar nas nossas coisas. Foi bom o beijo, que disseste ser de despedida, mas que eu não quero que o seja, foi apenas um beijo.

Até ao infinito <3